Publicidade

Correio Braziliense

Libanês que comemorava vitória do Brasil é morto a facadas por vizinho

O Líbano não participa da Copa do Mundo que está sendo disputada na Rússia, mas a competição mexe com a paixão dos torcedores no país


postado em 28/06/2018 11:26

(foto: Francisco Leong/AFP)
(foto: Francisco Leong/AFP)

 
Beirute, Líbano - Ele comemorava a vitória do Brasil e foi esfaqueado pelo vizinho: um libanês foi morto e seu agressor foi preso após a vitória da Seleção sobre a Sérvia (2-0) na Copa do Mundo, anunciaram nesta quinta-feira o exército libanês e a imprensa local.

O Líbano não participa da Copa do Mundo que está sendo disputada na Rússia, mas a competição mexe com a paixão dos torcedores no país. As bandeiras do Brasil, da França ou da Alemanha podem ser vistas penduradas nas fachadas por toda a capital libanesa.

Um libanês foi preso na quarta-feira à noite após matar o compatriota Mohammed Zahr em um subúrbio de Beirute, "devido a uma disputa entre os dois homens em relação às equipes pelas quais torciam", explicou o exército em nota.

Segundo a imprensa local, a vítima foi "esfaqueada" até a morte após uma briga com dois vizinhos, depois de comemorar a vitória do Brasil e a eliminação da Alemanha da Copa do Mundo.

O Brasil avançou às oitavas de final do Mundial russo graças à vitória sobre a Sérvia (2-0), enquanto a Alemanha foi eliminada da competição depois de perder para a Coreia do Sul (2-0).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade