Publicidade

Correio Braziliense

Avalanche mata montanhista austríaco no Paquistão

Mais dois britânicos ficaram feridos quando tiveram as barracas atingidas


postado em 30/06/2018 14:02

Islamabad, Paquistão - Um montanhista austríaco foi morto e outros dois ficaram feridos depois de sua barraca ser atingida por uma avalanche no Paquistão, disseram autoridades neste sábado (30/6). 


A avalanche atingiu os homens a 5.900 metros de altura na montanha de Ultar Sar, no vale de Hunza no Paquistão. 

"O montanhista austríaco Christian Huber foi morto", disse ao policial de Hunza, Wajid Karim, à AFP.

Os montanhistas feridos são os britânicos Bruce Normand e Timothy Miller. 

Karim disse que os esforços estão em andamento para trazer o corpo de Huber e os alpinistas feridos de volta a Islamabad. 

Um helicóptero do Exército não pôde realizar uma operação de resgate devido ao mau tempo nos 7,388 metros de altura de Ultar Sar, mas uma equipe de terra estava chegou ao local. 

Um funcionário do governo local que pediu para não ser identificado confirmou o incidente. 

O norte do Paquistão atrai muitos montanhistas porque abriga algumas das montanhas mais altas do mundo, incluindo o K2, com 8.611 metros, o segundo pico mais alto do mundo, mas muitas vezes considerado uma subida mais desafiadora do que a mais alta, o Monte Everest.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade