Publicidade

Correio Braziliense

Ministro de Relações Exteriores britânico renuncia ao cargo

A saída de Boris Johnson se soma à do ministro para o Brexit, David Davis, depois de Theresa May comunicar sua decisão de manter laços estreitos econômicos com a UE


postado em 09/07/2018 12:13

(foto: Oli Scarff / AFP)
(foto: Oli Scarff / AFP)
Londres, Reino Unido
- O ministro britânico das Relações Exteriores, Boris Johnson, apresentou seu pedido de demissão - anunciou Downing Street nesta segunda-feira (9), em plena guerra no governo sobre os rumos do Brexit.

"Esta tarde, a primeira-ministra aceitou a renúncia de Boris Johnson como ministro das Relações Exteriores. Seu substituto será anunciado em breve", informou o gabinete da premiê Theresa May, em um comunicado.

Johnson não deu explicações sobre sua decisão.

A saída de Johnson se soma à do ministro para o Brexit, David Davis, depois de May ter convocado uma "cúpula" de seu governo, na sexta-feira. Nela, comunicou-lhes sua decisão de manter estreitos laços econômicos com a UE e ordenou a seus ministros cerrarem fileiras com essa proposta.

Os eurocéticos mais duros, como Johnson e Davis, pretendiam cortar por completo o vínculo com os sócios europeus - sobretudo, em suas regulações e com a Justiça europeia - e se dedicar a tecer acordos de livre-comércio com países como Estados Unidos, ou Austrália.

Davis negou que tenha a intenção de liderar uma rebelião interna contra May. A demissão de Johnson aproxima essa possibilidade, porém, considerando-se a fraqueza parlamentar da primeira-ministra, que tem de se apoiar nos unionistas norte-irlandeses para governar.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade