Publicidade

Correio Braziliense

Bombardeio na província síria de Deir Ezzor deixa 28 pessoas mortas

Nos últimos meses, a aviação iraquiana bombardeou o leste da Síria, perto da fronteira, contra posições jihadistas


postado em 13/07/2018 09:40

(foto: Mohamad Abazeed/AFP)
(foto: Mohamad Abazeed/AFP)

Beirute, Líbano - Ao menos 28 civis morreram em um ataque aéreo contra um dos últimos redutos do grupo extremista Estado Islâmico (EI) no leste da Síria, anunciou nesta sexta-feira a ONG Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O bombardeio atingiu na quinta-feira à noite um grupo de civis perto da localidade de Susa, na província de Deir Ezzor, perto da fronteira com o Iraque, indicou o diretor do OSDH, Rami Abdel Rahman.

"Não sabemos se foi um ataque da aviação iraquiana ou da coalizão internacional antijihadista, liderada por Washington", afirmou Rahman.

Nos últimos meses, a aviação iraquiana bombardeou o leste da Síria, perto da fronteira, contra posições jihadistas. A coalizão internacional atua como apoio a uma aliança de combatentes curdos e árabes que luta contra o EI.

O Estado Islâmico, que em 2014 proclamou um "califado" entre Síria e Iraque, perdeu espaço desde então, após várias ofensivas, e atualmente está presente em vários redutos em zonas desérticas nos dois países.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade