Publicidade

Correio Braziliense

Milhares de pessoas protestam em Londres contra Donald Trump

"Este é o carnaval da resistência" e "Minha mãe não gosta de você, e ela gosta de todo mundo!", eram alguns dos cartazes carregados pelos manifestantes que avançavam pela Oxford Stree


postado em 13/07/2018 12:10 / atualizado em 13/07/2018 13:43

(foto: Tolga Akmen/AFP)
(foto: Tolga Akmen/AFP)


Londres, Reino Unido -Milhares de pessoas se reuniram em Londres nesta sexta-feira para protestar contra a visita do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

"Este é o carnaval da resistência" e "Minha mãe não gosta de você, e ela gosta de todo mundo!", eram alguns dos cartazes carregados pelos manifestantes que avançavam pela Oxford Street com destino a Trafalgar Square.

"Não ao Trump, não à Ku Kux Klan, não aos EUA fascista!", gritavam, batendo panelas ou tocando trombetas.

Ver galeria . 11 Fotos Tolga Akmen/AFP
(foto: Tolga Akmen/AFP )


Também eram numerosos os balões laranjas com o lema "Stop Trump", assim como slogans feministas. "Donald Trump é misógino, machista, homofóbico, xenófobo, promove a intolerância... e tem pequenas mãos!", disse uma manifestante, Georgina Rose, de 42 anos, usando uma piada comum sobre o presidente e empresário. 

Grant White, de 32 anos, usava uma faixa representando Trump como o pássaro do logotipo do Twitter, com uma suástica sob a asa. "Sou antiBrexit, antiTrump. Há uma onda de fascismo da qual temos que nos libertar", disse.

Dawn, 49, veio com sua filha de 11 anos, Sadie. "Trump é o homem com o maior ego do mundo e está à frente da maior potência mundial. Ele não tem ideia do que o mundo precisa", explicou a mãe.

A imagem do dia era, no entanto, o grande balão representando Trump como um bebê de fraldas voando no céu perto do Parlamento por algumas horas, com a aprovação do prefeito Sadiq Khan.

A parte oficial da visita de Trump ao Reino Unido, a sua primeira como presidente, termina nesta sexta-feira com um encontro para o chá com a rainha Elizabeth II, antes de viajar para a Escócia para passar o fim de semana em particular.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade