Publicidade

Correio Braziliense

'Bomba de lava' atinge barco no Havaí e deixa 23 feridos

A embarcação fazia um "tour de lava" na Grande Ilha, que oferece passeios para ver de perto a área onde a lava toca o mar


postado em 16/07/2018 21:35

Los Angeles, Estados Unidos -Uma "bomba de lava" do vulcão havaiano Kilauea atingiu um barco turístico e deixou 23 feridos, um deles em estado grave, informaram os bombeiros nesta segunda-feira (16).

A embarcação fazia um "tour de lava" na Grande Ilha, que oferece passeios para ver de perto a área onde a lava toca o mar.

"O barco retornou ao cais de Wailoa em Hilo às 07h00 com 23 passageiros feridos", indicaram as autoridades locais em um comunicado enviado à AFP.

Do total, 13 foram levados ao hospital e 10 tratados no próprio local.

"Quatro foram levados em ambulâncias ao Hilo Medical Center. Três passageiros se encontravam em condição estável. Uma jovem estava em situação grave com uma fratura no fêmur. Os outros nove foram conduzidos ao hospital e o Corpo de Bombeiros determinou que seus ferimentos eram superficiais".

As autoridades não detalharam o número de pessoas a bordo nem a localização exata do incidente.

O barco ficou com um buraco no teto e uma das grades também foi danificada.

"Foi uma explosão", disse Janet Snyder, porta-voz da Prefeitura do condado do Havaí, citada no jornal "Tribune Herald". "O barco estava coberto de lava".

O Kilauea - vulcão com maior atividade do mundo - entrou em erupção em 3 de maio, forçando a evacuação de milhares de pessoas e destruindo centenas de imóveis.

A empresa que faz os passeios, Lava Ocean, ainda não fez comentários sobre o incidente.

Em seu site pode-se ver fotos de embarcações muito próximas ao 'laze', palavra em inglês formada pela junção dos termos "lava" e "haze" (névoa), que produz uma mistura de ácido clorídrico (HCl), vapor e pequenas partículas de vidro vulcânico.

Uma das fissuras mais ativas, a oitava, continua em erupção e sua lava formou uma pequena "ilha" a poucos metros da costa, de seis a nove metros de diâmetro, segundo o serviço geológico dos Estados Unidos (USGS). 

"É muito provável que seja parte do fluxo da fissura 8 que está entrando no oceano e possivelmente um túmulo submarino se acumulou debaixo d'água e emergiu acima do nível do mar", indicou.

O Kilauea é um dos cinco vulcões localizados na Grande Ilha.

Os cientistas acreditam que a atividade vulcânica poderia ser precursora de uma erupção maior, similar à que ocorreu em meados da década de 1920.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade