Publicidade

Correio Braziliense

Tribunal Europeu condena Rússia por tratamento às Pussy Riot

Maria Alyokhina, Nadezhda Tolokonnikova e Yekaterina Samutsevich receberam um tratamento degradante durante o julgamento, considerou o TEDH


postado em 17/07/2018 06:58

(foto: Natalia Kolesnikova - 17/8/12)
(foto: Natalia Kolesnikova - 17/8/12)

 
Estrasburgo, França - O Tribunal Europeu de Direitos Humanos (TEDH) condenou a Rússia, nesta terça-feira (17/7), pelo tratamento infligido a três integrantes do grupo punk Pussy Riot, as quais tentaram cantar músicas contra o presidente Vladimir Putin na catedral de Moscou em 2012.

Maria Alyokhina, Nadezhda Tolokonnikova e Yekaterina Samutsevich receberam um tratamento degradante durante o julgamento, considerou o TEDH, que também condenou Moscou por violação da liberdade de expressão.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade