Publicidade

Correio Braziliense

Deputado francês denunciará Maduro por declarações sobre a seleção

O presidente venezuelano declarou que a vitória da França na Copa do Mundo de futebol era a vitória da África


postado em 17/07/2018 08:14

(foto: Federico Parra/AFP)
(foto: Federico Parra/AFP)
Paris, França -
O deputado francês Jean-Christophe Lagarde anunciou, nesta terça-feira (17/7), que apresentará uma denúncia por incitação ao ódio racial contra o presidente venezuelano, Nicolás Maduro.

Na segunda-feira, Maduro declarou que a vitória da França na Copa do Mundo de futebol era a vitória da África.

"A equipe da França parecia a equipe da África. Ganhou a África realmente, os imigrantes africanos que chegaram à França", declarou Maduro, em Caracas.

"O quanto menosprezaram a África e, no Mundial de futebol, a França obtém o título graças aos jogadores africanos, ou filhos de africanos!", acrescentou. 

Ao ser questionado sobre essas declarações, Lagarde disse que fará uma denúncia.

"Vou apresentar uma queixa contra ele, porque isso se chama incitação ao ódio racial", afirmou, em entrevista à rádio France Inter.

O deputado, presidente do UDI, um partido de centro direita, reconheceu que sua ação é meramente simbólica, mas disse que as declarações de Maduro são "negar o que a França é". 

"Maduro, que maltrata seu país, não sabe o que a França é", afirmou.

Dos 23 jogadores da vitoriosa seleção dos Bleus, 14 têm origem africana.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade