Publicidade

Correio Braziliense

Ex-guerrilheiros das Farc assumem mandatos no Congresso colombiano

A maioria do congresso está representada pela direita, ligada ao novo presidente, Iván Duque


postado em 20/07/2018 19:17 / atualizado em 20/07/2018 19:38

A maioria do congresso está representada pela direita, ligada ao novo presidente, Iván Duque(foto: Raul Arboleda/AFP)
A maioria do congresso está representada pela direita, ligada ao novo presidente, Iván Duque (foto: Raul Arboleda/AFP)

 
A antiga guerrilha da Farc assumiu nesta sexta-feira uma pequena representação no Congresso da Colômbia, dominado pela direita ligada ao novo presidente, Iván Duque, oposto ao acordo de paz que acabou com meio século de conflito armado.

"Aqui estão, pela primeira vez, cinco senadores e cinco representantes da Força Alternativa Revolucionária do Comum, partido nascido com a desmobilização e desarmamento das Farc", disse o presidente em final de mandato, Juan Manuel Santos, durante a instalação do Parlamento de 280 cadeiras, que legislará nos próximos quatro anos.

Santos foi o principal promotor do acordo de paz com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc), que terminou com um conflito que deixou milhares de vítimas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade