Publicidade

Correio Braziliense

Japão reabre três praias devastadas pelo tsunami de 2011

Nos últimos anos, as praias do litoral nordeste do arquipélago abriram gradualmente depois da construção de imensas represas para proteger a população dos tsunamis


postado em 23/07/2018 09:42

É a primeira vez que são liberadas as praias da costa próxima à central nuclear de Fukushima, onde ocorreu o acidente(foto: Kazuhiro Nogi/AFP)
É a primeira vez que são liberadas as praias da costa próxima à central nuclear de Fukushima, onde ocorreu o acidente (foto: Kazuhiro Nogi/AFP)

 
Tóquio, Japão - Depois de anos de reconstrução, três praias devastadas pelo tsunami e o acidente nuclear de março de 2011 no Japão voltaram a ser reabertas aos banhistas neste final de semana.

Nos últimos anos, as praias do litoral nordeste do arquipélago abriram gradualmente depois da construção de imensas represas para proteger a população dos tsunamis.

Mas é a primeira vez que são liberadas as praias da costa próxima à central nuclear de Fukushima, onde ocorreu o acidente.

É o caso da praia de Haragamaobama, na cidade de Soma, a 40km da central.

Há anos os controles de água não detectam elementos radioativos, mas a reabertura da praia atrasou pela construção de equipamentos para os banhistas.

Em 11 de março de 2011, um terremoto de magnitude 9,1 provocou um tsunami que deixou mais de 18.500 mortos e um acidente na central nuclear de Fukushima Daiichi. Uma parte da região continua inabitável.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade