Publicidade

Correio Braziliense

Incêndio se espalha nas proximidades do parque Yosemite, nos EUA

A situação é tensa em razão das difíceis condições climáticas previstas para esta semana


postado em 23/07/2018 13:20

O incêndio, batizado de Ferguson, destruiu mais de 13.600 hectares(foto: Noah Berger/AFP)
O incêndio, batizado de Ferguson, destruiu mais de 13.600 hectares (foto: Noah Berger/AFP)

 
Los Angeles, Estados Unidos - O incêndio que ameaça o Parque Nacional de Yosemite, na Califórnia, avançou neste último final de semana, informou o site Inciweb nesta segunda-feira de manhã.

A situação é tensa em razão das difíceis condições climáticas previstas para esta semana.

O incêndio, batizado de Ferguson, destruiu mais de 13.600 hectares, de acordo com o último balanço do Inciweb divulgado nesta segunda-feira. O site indica que apenas 13% do fogo foi controlado.

Na sexta-feira, o Departamento de Agricultura havia avaliado em cerca de 10 mil os hectares devorados pelas chamas.

"As previsões meteorológicas antecipam um ar mais quente e seco ao longo da semana, o que prepara as condições para um momento crítico e extremo em termos de incêndios", disse Inciweb.

Segundo essa fonte, mais de 3.000 bombeiros foram mobilizados para combater as chamas, que estão afetando a floresta nacional de Stanislaus e ameaçam o Parque Nacional de Yosemite, localizado a leste do incêndio.

O parque turístico permanece aberto ao público, segundo Inciweb, mas em várias áreas ao redor, as autoridades emitiram uma ordem de evacuação obrigatória.

No total, um bombeiro morreu e outros seis ficaram feridos desde o início, por razões desconhecidas, do Ferguson, em 13 de julho.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade