Publicidade

Correio Braziliense

Incêndios na Grécia já somam 20 mortos e mais de 100 feridos

Número de feridos já chega a 104, 11 em estado grave. Entre os sobreviventes, 16 são crianças


postado em 23/07/2018 23:28 / atualizado em 23/07/2018 23:51

O número de vítimas dos incêndios que atingem os arredores de Atenas, na Grécia, já chega a 20, segundo o governo grego. Em um comunicado à imprensa, o porta-voz do país, Dimistris Tzanakopoulos, detalhou que a maioria dos mortos são pessoas que ficaram presas no setor do balneário de Mati, em casas ou veículos, devido às chamas. O número de feridos já chega a 104, 11 em estado grave. Entre os sobreviventes há 16 crianças. 
 
 
 
Os socorristas continuam em busca de sobreviventes. Nove barcos da patrulha costeira, dois navios da Marinha e dezenas de barcos particulares, auxiliados por helicópteros do Exército, realizam evacuações a partir do porto de Rafina, próximo a Mati, que fica a 40km de Atenas, atuam na ocorrência.
 
A presidência da República anulou os festejos desta terça-feira, quando se recordaria o restabelecimento da democracia na Grécia, em julho de 1974.

Reforço europeu

Tzanakopoulos anunciou, também, que a Espanha enviará dois aviões a Chipre, uma equipe com 60 bombeiros, após a Grécia solicitar reforço. O premier grego, Alexis Tsipras, antecipou sua volta da Bósnia, para liderar a célula de crise.

Após presidir uma reunião do gabinete, Tsipras informou que há mais de 600 bombeiros combatendo as chamas em três frentes, incluindo duas que seguem avançando nos arredores de Mati e a 55km a oeste da capital, na localidade de Kinetta.

Segundo o secretário-geral da Defesa Civil, Yannis Kapakis, os incêndios foram avivados por ventos de mais de 100 km/h, uma "situação extrema". O primeiro-ministro manifestou sua preocupação com o fato de que estes focos se desenvolveram em  paralelo, indicando a possibilidade de uma origem criminosa.

 
Clima 


A Grécia enfrenta uma onda de calor com temperaturas de até 40ºC, e, segundo os serviços de meteorologia, as condições seguirão muito complicadas nesta terça-feira.
 
Com informações da Agência France Press 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade