Publicidade

Correio Braziliense

Trump saúda o início do desmantelamento de base nuclear norte-coreana

A informação sobre o desmantelamento é resultado de imagens recentes analisadas por especialistas


postado em 24/07/2018 15:28 / atualizado em 24/07/2018 19:49

Imagem da base norte-coreana analisada pelos especialistas (foto: Pléiades / AFP )
Imagem da base norte-coreana analisada pelos especialistas (foto: Pléiades / AFP )

Kansas City, Estados Unidos - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, saudou nesta terça-feira (24/7) as informações de que a Coreia do Norte iniciou o desmantelamento de sua principal base de lançamento de satélites, considerada um local de testes de mísseis intercontinentais.

"Novas imagens de hoje mostram que a Coreia do Norte começou o processo de desmantelamento de um local importante de lançamento de mísseis e nós apreciamos isso", afirmou Trump, recordando sua "fantástica reunião" com o líder norte-coreano, Kim Jong Un, no mês passado.

A informação sobre este desmantelamento é resultado de imagens recentes analisadas por especialistas. 

Se confirmado, este desmantelamento relatado pelo 38 North, um site dedicado à análise da Coreia do Norte, pode ser considerado um primeiro avanço após a cúpula histórica no mês passado entre Kim Jong Un e Trump.

Segundo o 38 North, imagens de satélite da base de Sohae obtidas entre os dias 20 e 22 de julho pela empresa Digital Globe mostram que o prédio de montagem dos foguetes antes que sejam levados à plataforma de lançamento começou a ser derrubado.

Também foi parcialmente desmontado um prédio de testes de motores de combustível líquido, mas outras instalações permanecem intactas na base, situada a cerca de 200 km a noroeste de Pyongyang.

Oficialmente, a base de Sohae é destinada a colocar satélites em órbita, mas os foguetes de lançamento de satélites podem levar facilmente outras cargas, como ogivas nucleares, e os alegados testes com vetores de satélites preocupam a comunidade internacional.

Apesar do otimismo de alguns analistas com o início do desmantelamento da base, um funcionário americano da Defesa recordou que Sohae não era uma prioridade no acordo de eliminação das armas nucleares da Península coreana. 

O secretário americano de Estado, Mike Pompeo, qualificou as imagens de "absolutamente consistentes" com os compromissos que Kim assumiu na cúpula com Trump. 

"Estivemos pressionando para que houvessem inspetores no lugar quando a base foi desmantelada, de acordo com os compromissos de Kim", disse Pompeo nesta terça-feira em entrevista coletiva na Califórnia. "Tem que haver uma 'desnuclearização' completa. Kim se comprometeu com isto e o mundo assim o exige".

Na véspera, Trump se declarou "muito feliz" com o estado das negociações com a Coreia do Norte, quando muitos observadores destacaram a ausência de progressos concretos um mês após a cúpula.

- "Boa relação" -

Nesta terça-feira (24/7), Trump disse a um grupo de veteranos que tem esperança de que em breve serão repatriados os restos mortais dos soldados caídos durante a Guerra da Coreia (1950-1952), como também prevê o acordo fechado entre os líderes.

Estamos "trabalhando para repatriar os restos de seus irmãos de armas que deram a vida na Coreia", disse Trump aos veteranos de guerra.

"Ao final da nossa reunião, disse a Kim: 'realmente agradeceria se pudesse fazer isto e ele respondeu que fará'". "Espero que em muito breve estes guerreiros caídos possam regressar para casa, para descansar em solo americano".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade