Publicidade

Correio Braziliense

Ataques coordenados do Estado Islâmico na Síria deixam cerca de 250 mortos

O ataque contra várias localidades junto com os atentados suicidas aconteceu na província de Sueida, controlada pelo governo


postado em 26/07/2018 07:19

(foto: Jalaa Marey/AFP)
(foto: Jalaa Marey/AFP)

 
Beirute, Líbano - Os ataques coordenados lançados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI) no sul da Síria deixaram cerca de 250 mortos - aponta um novo balanço divulgado nesta quinta-feira (26/7) pelo Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

O ataque contra várias localidades junto com os atentados suicidas aconteceu na província de Sueida, controlada pelo governo.

Os extremistas do EI estão presentes em uma área desértica no nordeste dessa região, onde, até agora, tinham conseguido evitar as confrontações dessa guerra que arrasa a Síria desde 2011.

O balanço de vítimas não para de aumentar desde que começaram a ser relatados os detalhes da onda de atentados de ontem.

"Até agora há 246 mortos, entre eles 135 civis", indicou o diretor do Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH), Rami Abdel Rahman.

O restante das vítimas letais é de combatentes pró-governo e moradores que tomaram as armas para defender suas aldeias.

"O balanço aumenta com civis que não resistiram aos ferimentos e pessoas que estavam desaparecidas e foram encontradas mortas", acrescentou Abdel Rahman.

Pelo menos 45 jihadistas morreram nos combates que se seguiram aos ataques.

A imprensa oficial síria confirmou os ataques com mortos e feridos na cidade de Sueida e povoados vizinhos, mas não deu um número específico.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade