Publicidade

Correio Braziliense

Dois palestinos morrem em explosão aparentemente acidental em Gaza

Segundo fontes médicas palestinas, eles foram mortos num ataque israelense, mas o Exército do Estado hebreu negou essas acusações


postado em 29/07/2018 10:57

Gaza - Dois militantes palestinos da FPLP morreram, neste domingo (29/7), numa explosão no leste da Faixa de Gaza, anunciou a organização, enquanto testemunhas disseram que a dupla se preparava para disparar um foguete contra Israel.

Ayman al Nayyar, de 26 anos, e Muhanad Hamuda, de 24, membros do braço armado da Frente Popular de Libertação da Palestina  morreram "cumprindo seu dever como combatentes", anunciou a FPLP.

Segundo fontes médicas palestinas, eles foram mortos num ataque israelense, mas o Exército do Estado hebreu negou essas acusações. 

Testemunhas no enclave palestino bloqueado por Israel disseram que os dois homens morreram em uma explosão quando estavam prestes a lançar um foguete contra Israel.

A FPLP, que ficou famosa com seus desvios de aeronaves nas décadas de 1960 e 1970, é considerada uma organização terrorista por Israel, Estados Unidos e União Europeia.

Pelo menos 157 palestinos foram mortos na Faixa de Gaza desde 30 de março e o início das manifestações contra o bloqueio israelense e exigindo o direito de retorno dos palestinos que foram expulsos de suas terras com a criação de Israel em 1948.

Um soldado israelense morreu em 20 de julho nas mãos de um palestino durante uma operação do Exército perto da cerca da fronteira.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade