Publicidade

Correio Braziliense

Quatro alpinistas morrem em acidentes na França

Primeiras investigações indicam que as cordas se soltaram de uma altura de 50 metros


postado em 29/07/2018 19:34

Quatro pessoas - um italiano e três alpinistas franceses - morreram neste domingo (29/7) em três acidentes diferentes, ocorridos nos Altos Alpes e na Alta Saboia, no sudeste da França.

O primeiro deles, registrado nesta madrugada, custou a vida de um milanês de 40 anos, que avançava a 3.000 metros de altitude no corredor Coolidge, uma via de escalada que leva ao Monte Pelvoux, no maciço dos Écrins.

O homem "avançava com dois amigos, também de nacionalidade italiana", informou o Ministério Público de Gap, em um comunicado.

As equipes de socorro não conseguiram reanimar a vítima, que não resistiu aos ferimentos e faleceu.

O segundo acidente aconteceu no início da manhã no maciço do Mont Blanc, com a morte de um alpinista decorrente de uma queda, e outro, que o acompanhava, sofrendo vários traumatismos.

O último levou à morte de duas alpinistas francesas, de 48 e 54 anos, que seguiam a via dos Enfetchores rumo à Brèche de la Meije, nos Alpes, a 3.300 metros de altitude. Ambas estavam acompanhadas de um guia.

Segundo investigação preliminar, a corda teria se soltado a uma altura de 50 metros, levando ao falecimento de ambas. O guia ficou ferido e foi levado para o hospital de Grenoble.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade