Publicidade

Correio Braziliense

Presidente do Zimbábue pede solução pacífica para crise eleitoral

Emmerson Mnangagwa pede solução pacífica um dia depois da repressão de um protesto que terminou com pelo menos três mortos


postado em 02/08/2018 08:10

(foto: Marco Longari/AFP)
(foto: Marco Longari/AFP)

 
Harare, Zimbábue - O presidente do Zimbábue, Emmerson Mnangagwa, pediu nesta quinta-feira (2/8) uma solução pacífica para as divergências com a a oposição, um dia depois da repressão de um protesto que terminou com pelo menos três mortos.

"É mais importante do que nunca que demonstremos união e nos comprometamos a solucionar nossas diferenças pacificamente e dentro da lei", declarou Mnangagwa.

"Estamos em contato com Nelson Chamisa (o líder da oposição) para debater como desativar a situação", completou o presidente no Twitter.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade