Publicidade

Correio Braziliense

Progressos no combate de incêndios na Califórnia graças a trégua no tempo

Cerca de 14.000 bombeiros, incluindo reforços da Austrália e Nova Zelândia, ajudam a combater os cerca de 20 focos ativos em todo este estado da costa oeste dos Estados Unidos


postado em 08/08/2018 18:55

A agência de combate de incêndios Calfire reportou avanços no combate principalmente graças a trégua no tempo(foto: Noah Berger )
A agência de combate de incêndios Calfire reportou avanços no combate principalmente graças a trégua no tempo (foto: Noah Berger )
 
Clearlake Oaks, Estados Unidos - O tempo deu uma pequena trégua e permitiu avanços no combate aos incêndios da Califórnia, mas o prognóstico para o resto da semana não é promissor.

O estado continuará muito quente e com muito vento até pelo menos sábado à noite, disse o escritório do Serviço Meteorológico Nacional, em Sacramento, na noite de terça-feira. "Fumaça e neblina continuarão impactando #norcal [Norte da Califórnia]. "Temperaturas mais quentes e o aumento de condições para incêndios preocupam até o fim da semana", indicou a agência no Twitter.

Cerca de 14.000 bombeiros, incluindo reforços da Austrália e Nova Zelândia, ajudam a combater os cerca de 20 focos ativos em todo este estado da costa oeste dos Estados Unidos, muito propenso aos incêndios.

O Complexo Mendocino, composto por dois focos ígneos, Ranch e River, destruiu em menos de duas semanas 121.440 hectares, quase a área da cidade de Los Angeles, segundo o boletim oficial divulgado nesta quarta-feira de manhã. Na segunda-feira se tornou o maior neste estado desde que se começou a registrar os dados relativos aos incêndios, há um século.

A agência de combate de incêndios Calfire reportou avanços no combate - 47% contido, em comparação com 34% 12 horas antes -, principalmente graças a esta trégua no tempo. "Os ventos que cobrem a área do fogo em fumaça causaram temperaturas inferiores às previstas", indicou o Calfire na terça-feira à noite. "A diminuição da temperatura permitiu às equipes continuar um trabalho valioso para conter o perímetro do incêndio, o que desacelerou o crescimento do fogo", acrescentou.

Os bombeiros aproveitaram as temperaturas mais baixas para aumentar as linhas de contenção. Os trabalhos foram apoiados por helicópteros e aeronaves - incluindo gigantescos aviões DC-10 e 747 - lançando água nas chamas.

Dos dois focos do Mendocino, o River está contido em 81%, queimando uma área de quase 20.000 hectares, enquanto o Ranch cresceu a mais 101.000 hectares e está controlado em 46%. As autoridades ordenaram a evacuação de milhares de pessoas. Algumas já foram autorizadas a voltar para casa. O Complexo Mendocino destruiu 221 estruturas, incluindo 116 residências, e ameaça outros 10.300 imóveis.
 
O incêndio Carr, que arde perto da cidade de Redding, destruiu 70.000 hectares desde que começou, em 23 de julho, e deixou sete mortos. Na manhã desta quarta estava contido em 47%.

Outro grande incêndio, Ferguson, deixou dois falecidos e forçou o fechamento de parte do turístico parque nacional Yosemite. Está 43% controlado. Mas os incêndios florestais não afetam só a Califórnia. Na segunda-feira, 127 focos queimavam em 650.000 hectares de terra em 11 estados, indicou o Centro Nacional de Incêndios.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade