Publicidade

Correio Braziliense

República do Congo registra mais de 40 mortes graças a epidemia de ebola

As mortes foram registradas no noroeste da República Democrática do Congo


postado em 14/08/2018 14:48

Esta é a segunda epidemia do vírus no país desde 1976(foto: Dominique Faget)
Esta é a segunda epidemia do vírus no país desde 1976 (foto: Dominique Faget)
 
Beni, RD Congo - Quarenta e uma mortes relacionadas à nova epidemia de febre hemorrágica do ebola foram registradas no noroeste da República Democrática do Congo (RDC), informou nesta terça-feira a Organização Mundial da Saúde (OMS).

Pela primeira vez desde o anúncio da epidemia em 1o. de agosto, foi registrada uma morte fora da província de Kivu do Norte, na província vizinha de Ituri, segundo a fonte.


"A OMS pede um acesso livre e seguro para que todos os atores envolvidos na resposta a esta epidemia possam atender as populações afetadas", afirmou seu diretor-geral, dr. Tedros Adhanom Ghebreyesus, ao final de uma visita ao país.

As autoridades congolenses, por sua vez, informaram que equipes médicas em Beni e Mangina, epicentro da epidemia, começaram a usar a molécula terapêutica Mab114 para tratar os doentes.

"É a primeira molécula terapêutica contra o vírus a ser usada em uma epidemia de ebola ativa na RDC", afirmaram as fontes. Esta é a segunda epidemia do vírus no país desde 1976. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade