Publicidade

Correio Braziliense

Espanhola tenta vender leão dissecado em anúncio na internet

O felino dissecado estava à venda por 5.995 euros em um portal de venda de objetos; a espécie é ameaçada de extinção


postado em 16/08/2018 10:47


 
Madri, Espanha - Um leão africano dissecado, que estava à venda na internet, foi apreendido e sua proprietária é alvo de uma investigação judicial na Espanha. O felino dissecado estava à venda por 5.995 euros em um portal de venda de objetos, informou a Guarda Civil em um comunicado.

O animal, da espécie "Panthera leo", está incluído no anexo B da Cites, a convenção sobre o comércio internacional de espécies da fauna e flora selvagens ameaçadas de extinção, informou o Serviço de Proteção da Natureza (Seprona) de Barcelona. A vendedora, com residência na Catalunha, alegou que seu falecido sogro caçou o animal na Namíbia na década de 1990 e o conservou dissecado.

A mulher pode ser condenada por "crime contra a fauna".O leão dissecado foi entregue ao Museu de Ciências Naturais de Barcelona.

"Precisamos conscientizar as pessoas de que não podem caçar em outro país um animal de uma espécie protegida, depois importá-lo de maneira ilegal e, no fim, tentar lucrar com a comercialização", disse o agente do Seprona Miguel Díaz.

"Também apreendemos este ano um crocodilo do Nilo que tentaram vender na internet", disse.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade