Publicidade

Correio Braziliense

Rússia: sanções dos EUA ameaçam 'desnuclearização' da Coreia do Norte

O governo russo apontou que os EUA impuseram sanções em um momento em que "esforços internacionais conjuntos são necessários" e que as ações são "destrutivas" e "inúteis"


postado em 17/08/2018 09:20


Moscou, Rússia - A Rússia alertou sobre como as mais recentes sanções dos Estados Unidos contra uma empresa russa acusada por Washington de descumprir restrições internacionais para negócios com a Coreia do Norte, segundo o país as determinações poderiam minar os diálogos pela desmonte do programa nuclear de Pyongyang.

O Departamento do Tesouro dos EUA impôs ontem sanções sobre três companhias da China, da Rússia e de Cingapura acusadas de ajudar a Coreia do Norte a contornar sanções internacionais. A pasta afirma que a empresa russa Profinet e seu diretor ofereceram serviços portuários ao menos seis vezes a embarcações com bandeira norte-coreana envolvidas em transporte de petróleo, incorrendo na infração de sanções.

O Ministério de Relações Exteriores da Rússia disse hoje que a ação dos EUA poderia "minar o recente progresso no sentido de solucionar" o impasse em torno dos programas nuclear e de mísseis balísticos da Coreia do Norte. O governo russo apontou que os EUA impuseram sanções em um momento em que "esforços internacionais conjuntos são necessários", acrescentando que as novas sanções americanas são "destrutivas" e "inúteis". (Associated Press)

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade