Publicidade

Correio Braziliense

Mais de 300 pessoas morrem por causa de inundação na Índia

O número de mortos pelas inundações que afetam há dez dias o Estado indiano de Kerala subiu para 324, informa o governo local


postado em 17/08/2018 16:01

Segundo o ministério do Interior, pelo menos 868 pessoas morreram por causa de inundações em sete estados indianos desde que começou a estação das monções em junho(foto: AFP)
Segundo o ministério do Interior, pelo menos 868 pessoas morreram por causa de inundações em sete estados indianos desde que começou a estação das monções em junho (foto: AFP)
 
Cochim, Índia - O número de mortos pelas inundações que afetam há dez dias o Estado indiano de Kerala subiu para 324, informou nesta sexta-feira o governo local.

O ministro-chefe de Kerala, Pinarayi Vijayan, afirmou que seu Estado "enfrentava as piores inundações do último século", com a "perda de 324 vidas".

Para enfrentar essa crise "extremante grave", o governo local reforçou as operações de resgate para evacuar as pessoas afetadas pelas chuvas torrenciais. Milhares delas já foram salvas, mas 6.000 ainda se encontram presas. 

Cerca de trinta de helicópteros do exército e 320 embarcações participam nas operações de salvamento em Kerala, que se confronta com as piores inundações no último século. Os pescadores locais também ajudam com seus barcos nas tarefas de resgate.

O primeiro-ministro indiano, Narendra Modi, anunciou nesta sexta-feira ter tratado com Vijayan a situação das inundações, que começaram na semana passada.


No estado de Kerala, famoso por sus praias paradisíacas, costuma chover com grande intensidade durante a estação das monções, mas as chuvas foram especialmente fortes neste ano. Mais de um milhão de turistas visitaram Kerala no ano passado, segundo dados oficiais.

"Ajude-nos!"

Segundo o ministro-chefe de Kerala, 223.139 pessoas sem moradia foram abrigadas em 1.500 acampamentos improvisados. 

A presidência de Kerala voltou a advertir aos 33 milhões de habitantes deste estado meridional: "Todos os distritos, excetuando o de Kasargod, estão em alerta vermelho. As chuvas torrenciais podem afetar 13 distritos. Todos os seus habitantes devem estar muito atentos", informou a equipe de Vijayan em sua conta do Twitter. 

As previsões meteorológicas continuam sem prever o final das chuvas. Enquanto esse problema perdura, cresce o número de habitantes que pedem ajuda nas redes sociais. 

"Minha família e a dos vizinhos sofrem graves problemas por causa das inundações na região de Pandanad Nakkada, assegurou Ajo Varghese  em uma publicação que viralizou no  Facebook. Não temos "nem água nem comida", lembrou. "Os telefones celulares não funcionam.  Ajudem-nos, por favor!", acrescentou. 

Um dirigente local confirmou que o problema nas linhas telefônicas dificulta o contato com os habitantes afetados pelas inundações que precisam de ajuda de maneira urgente. Mais de 10.000 quilômetros de rodovias foram danificadas em Kerala. 

As chuvas torrenciais também geraram inundações e outros estados indianos, como o de Karnataka, no norte de Kerala, ou o de Madhya Pradesh, no centro do país. 

Pelo menos 868 pessoas morreram por causa de inundações em sete estados indianos, incluído o de Kerala, desde que começou a estação das monções em junho, segundo o ministério do Interior. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade