Publicidade

Correio Braziliense

Moscou vetará na ONU sanções dos EUA contra duas companhias russas

O pedido foi apresentado um dia após Washington impor sanções unilaterais a duas companhias russas - Primorye Maritime Logistics e Gudzon Shipping - e a seis navios envolvidos no fornecimento de petróleo à Coreia do Norte, o que viola as medidas da ONU contra o regime de Pyongyang.


postado em 24/08/2018 07:53

Nações Unidas, Estados Unidos - A Rússia vetará a solicitação dos Estados Unidos ao Conselho de Segurança da ONU para incluir na lista negra duas empresas de navegação e seis navios russos que teriam negociado com a Coreia do Norte, revelou o representante de Moscou nesta quinta-feira (24/8). 

Os Estados Unidos apresentaram o pedido na quarta-feira (22/8), ao comitê de sanções da ONU, visando aumentar a pressão sobre a Coreia do Norte para que desmantele seus programas nuclear e balístico.

O pedido foi apresentado um dia após Washington impor sanções unilaterais a duas companhias russas - Primorye Maritime Logistics e Gudzon Shipping - e a seis navios envolvidos no fornecimento de petróleo à Coreia do Norte, o que viola as medidas da ONU contra o regime de Pyongyang.

O diplomata russo Vassily Nebenzia disse à AFP que as sanções dos Estados Unidos são "ilegais" e que a evidência apresentada por Washington para justificar as ações contra as empresas russas "não são convincentes". "É claro que nos oporemos", declarou Nebenzia sobre o pedido dos Estados Unidos ao comitê de sanções. 

Os Estados Unidos pedem um congelamento global dos ativos das duas empresas de navegação, segundo diplomatas da ONU. O comitê de sanções da ONU tem até 29 de agosto para considerar formalmente o pedido dos Estados Unidos.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade