Publicidade

Correio Braziliense

Monge budista mata criança a golpes de bastão na Tailândia

O crime teria ocorrido pois o menino estava atrapalhando uma cerimônia no fim da semana passado


postado em 24/08/2018 09:10 / atualizado em 24/08/2018 10:45

(foto: AFP)
(foto: AFP)

 
Bangcoc, Tailândia - Um monge budista agrediu até a morte um jovem de apenas 9 anos na Tailândia, informaram fontes médicas. Suppachai Sutthiyano, 64 anos, admitiu que agrediu com um bastão o jovem Wattapol Sisawad e empurrou sua cabeça contra uma pilastra.  O monge afirmou que o menino estava atrapalhando uma cerimônia no fim de semana passado.

O menino entrou em coma e morreu na quinta-feira à noite, informou uma fonte do hospital provincial de Kanchanaburi. Suppachai Sutthiyano foi autorizado a abandonar o regime de clausura no domingo e foi detido.

Quase 95% dos tailandeses são budistas praticantes, uma das maiores taxas do mundo, e o país tem 300.000 monges.

Nos últimos anos, o clero do reino protagonizou vários casos de consumo de drogas, embriaguez, apostas suspeitas, corrupção ou que envolvem prostitutas.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade