Publicidade

Correio Braziliense

Projeção de crescimento do PIB da França em 2019 é revisada de 1,9% para 1,7%

Em entrevista, Philippe disse que o governo baseará seu orçamento para 2019 em um crescimento estimado de 1,7%, ante 1,9% anteriormente esperado


postado em 26/08/2018 08:26 / atualizado em 26/08/2018 11:11

O primeiro-ministro da França, Edouard Philippe, disse neste domingo que o governo reduziu sua previsão de crescimento econômico para o ano que vem e revelou planos para cortar gastos públicos.

Em entrevista concedida ao jornal "Le Journal du Dimanche", Philippe disse que o governo baseará seu orçamento para 2019 em um crescimento estimado de 1,7%, ante 1,9% anteriormente esperado.

Ele disse que a França ainda está comprometida com as regras da União Europeia em relação aos déficits públicos.

Philippe explicou algumas medidas incluídas no orçamento de 2019, que será formalmente apresentado no final de setembro. As aposentadorias e os benefícios familiares e habitacionais não serão mais atrelados à inflação, o que significa que os respectivos gastos aumentarão em ritmo mais moderado.

O governo francês também cortará 4.500 empregos de serviço público no ano que vem, declarou Philippe. Fonte: Associated Press.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade