Publicidade

Correio Braziliense

Astro francês Gérard Depardieu é alvo de investigação por estupro

A Procuradoria de Paris assumiu uma investigação preliminar contra Gérard Depardieu por "estupros e agressões sexuais", depois de uma queixa apresentada na segunda-feira no sul da França


postado em 30/08/2018 15:33

Segundo o jornal Le Parisien, a autora da denúncia é
Segundo o jornal Le Parisien, a autora da denúncia é "uma jovem atriz e dançarina de vinte e poucos anos" (foto: AFP)
 
Paris, França - A Procuradoria de Paris assumiu uma investigação preliminar contra o astro do cinema francês Gérard Depardieu por "estupros e agressões sexuais", depois de uma queixa apresentada na segunda-feira no sul da França, informou nesta quinta (30) uma fonte judicial.

"Gérard Depardieu contesta absolutamente toda agressão, todo estupro", reagiu imediatamente seu advogado Hervé Temime à AFP.

A denúncia contra o famoso ator de 69 anos foi apresentada na segunda-feira à brigada de gendarmaria de Lambesc (sul), segundo uma fonte próxima ao dossiê.

A Procuradoria de Aix-en-Provence imediatamente abriu uma investigação preliminar antes de transferi-la à Procuradoria de Paris.

"Lamento a natureza pública deste processo, que representa um grande prejuízo para Gérard Depardieu, que estou convencido de que a inocência será reconhecida", declarou Temime, pedindo "máxima moderação no respeito do direito de todas as partes".

Segundo o jornal Le Parisien, a autora da denúncia é "uma jovem atriz e dançarina de vinte e poucos anos".

Ela explicou "ter sido abusada sexualmente duas vezes pelo ator", "à margem de um ensaio informal para uma peça de teatro", relata o jornal.

Os fatos teriam acontecido no domicílio parisiense de Depardieu nos dias 7 e 13 de agosto, acrescenta o jornal.

A denúncia contra o ator surge após uma série de casos que atingiram celebridades do mundo do cinema depois do escândalo envolvendo o produtor americano Harvey Weinstein em outubro de 2017.

Escândalos

Na França, o cineasta Luc Besson foi denunciado em maio por uma atriz e modelo de 27 anos que o acusou de tê-la estuprado em um hotel em Paris.

Esses casos, que ganharam as redes sociais com o movimento #Metoo e, na França, #Balancetonporc, se espalharam muito além do mundo do cinema.

Revelado em 1974 em "Corações Loucos" de Bertrand Blier, Gérard Depardieu é um gigante do cinema francês que interpretou vários personagens, a maioria dos grandes heróis da literatura nacional, Cyrano de Bergerac a Jean Valjean de "Os Miseráveis".

A vida deste amante da boa comida - como evidenciado pela sua silhueta imponente - e do vinho também é marcada de escândalos, comportamentos ultrajantes e brigas.

Em 2005 ele nocauteou um paparazzi em Florença, em 2011 urinou na cabine de um voo Paris-Dublin e em 2012 atingiu um motociclista em Paris.

No final de 2012, ele anunciou que "devolveria" seu passaporte para protestar contra o imposto sobre as grandes fortunas, antes de adquirir a cidadania russa.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade