Publicidade

Correio Braziliense

UE promete responder a eventuais tarifas americanas sobre automóveis

Se o presidente americano Donald Trump aumentar as tarifas de importação dos automóveis europeus, como ameaçou na quinta-feira (30/8), "então faremos o mesmo", afirmou o presidente da Comissão Européia, Jean-Claude Juncker.


postado em 31/08/2018 08:00

Frankfurt, Alemanha - O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, afirmou nesta sexta-feira (31/8) que a União Europeia (UE) responderá a uma eventual adoção de tarifas de importação dos Estados Unidos a automóveis europeus, o que ameaça a trégua estabelecida em julho entre Washington e Bruxelas.

Se o presidente americano Donald Trump aumentar as tarifas de importação dos automóveis europeus, como ameaçou na quinta-feira, "então faremos o mesmo", afirmou Juncker ao canal alemão ZDF. "Nós conseguimos com o presidente Trump uma espécie de trégua no que diz respeito a novas tarifas sobre automóveis", afirmou o presidente do Executivo europeu, recordando sua viagem a Washington no fim de julho para tentar deter as sanções comerciais recíprocas entre Europa e Estados Unidos.

"Como acontece frequentemente com as tréguas, às vezes podem estar em perigo, mas devem ser respeitadas", insistiu Juncker. Trump aumentou na quinta-feira os riscos de escalada de guerra comercial ao não aceitar, em entrevista a Bloomberg, a oferta da UE para que as duas partes renunciem aos direitos alfandegários para as importações de veículos.

"Seus consumidores (europeus) têm o costume de comprar seus veículos, não os nossos", reclamou Trump, irritado porque vê mais carros da marca alemã Mercedes em Nova York que veículos americanos nas ruas europeias.

O presidente americano afirmou que a oferta da UE de retirada das tarifas de importação de automóveis americanos "não é suficiente". 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade