Publicidade

Correio Braziliense

Após negociações, Trump diz no Twitter que Canadá se aproveitou dos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, se pronunciou pela rede social após o encerramento de uma semana de tratativas comerciais ainda inconclusivas entre os dois países


postado em 01/09/2018 10:51 / atualizado em 01/09/2018 12:31

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, voltou a se pronunciar neste sábado no Twitter sobre o Canadá após o encerramento de uma semana de tratativas comerciais ainda inconclusivas entre os dois países. "Eu amo o Canadá, mas eles se aproveitaram do nosso país por muitos anos!", escreveu Trump.

O presidente dos EUA citou ainda um comunicado da Judicial Watch, fundação conservadora, de que, em resposta a pedido feito com base na Lei de Liberdade de Informação, o Departamento de Justiça (DOJ) admitiu que o Tribunal de Vigilância de Inteligência Estrangeira (FISA) não realizou audiências sobre os pedidos de autorização de espionagem contra Carter Page, ex-assessor da campanha Trump. O presidente cita comentário de Tom Fitton, presidente da Judicial Watch, de que haveria "corrupção no Departamento de Justiça e no FBI". Fitton também teria dito, segundo Trump, que os dois órgãos não estão fazendo esforços para "expor e responsabilizar os responsáveis por essa corrupção".

Trump citou ainda avaliação do comentarista conservador Dan Bongino de que o dossiê do ex-espião britânico Christopher Steele, informante do FBI até 2016, contratado por opositores republicanos de Trump e, depois, pela campanha de Hillary Clinton, para investigar a relação entre o presidente e a Rússia, "é falso, nada foi verificado" e que o direito à privacidade de Trump foi violado.

O presidente dos EUA citou ainda o advogado Alan Dershowitz em uma crítica a mídia e disse que ela "tornou-se contaminada e corrupta".

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade