Publicidade

Correio Braziliense

Argentina e FMI divergem quanto à finalidade de empréstimo de moeda americana

O FMI defende que a divisa americana seja usada exclusivamente para o pagamento da dívida. Já o governo argentino insiste na flexibilidade para intervir no mercado de câmbio quando necessário


postado em 02/09/2018 14:57 / atualizado em 02/09/2018 15:38

Alguns pontos em relação ao apoio do Fundo Monetário Internacional (FMI) à Argentina seguem em questão, como a discussão sobre a finalidade dos dólares que serão emprestados ao país pela instituição.

Como aponta o analista Pablo Wende, do portal argentino de economia Infobae, enquanto o FMI defende que a divisa americana seja usada exclusivamente para o pagamento da dívida, o governo argentino insiste na necessidade de ter mais flexibilidade para intervir no mercado de câmbio quando for necessário.

Para o FMI, no entanto, que defende sua ideia original, o dólar deve flutuar livremente e seu preço deve ser fixado pelo mercado. Além disso, os empréstimos não devem ser usados para financiar a fuga de capitais.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade