Publicidade

Correio Braziliense

Chancelaria russa: 'Rússia mata e continuará matando terroristas'

A declaração foi feita pelo porta-voz do Ministério do Exterior da Rússia que justificou a matança como "uma questão de segurança".


postado em 06/09/2018 10:25

Moscou, Rússia -  A Rússia continuará matando "terroristas" em Idlib ou em qualquer outro lugar na Síria para trazer paz a este país, informou o Ministério do Exterior da Rússia nesta quinta-feira (6/9).  "Matamos, estamos matando e continuaremos(...) em Aleppo, Idlib e outras partes da Síria. Este país tem de recuperar a paz", disse porta-voz do ministério, Maria Zajarova, citada por agências de notícias russas. O porta-voz justificou a declaração alegando que é uma questão de segurança.

Quatro aviões militares russos bombardearam na terça alvos do Tahrir Al Hayat Sham (HTS, formado por ex-membros do ramo sírio da Al Qaeda) na região de Idlib, o último reduto rebelde no noreste da Síria. O regime de Damasco aspira a tomar o controle desta região, dominado 60% pelo HTS, mas onde também existem numerosos grupos rebeldes. 

Centenas de civis fugiram província de Idlib ao território mais ao norte por conta de uma possível ofensiva das forças governamentais, informou o Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade