Publicidade

Correio Braziliense

Polícia prende 92 pessoas por saques em região atingida por terremoto e tsunami

As 92 pessoas presas foram encontradas com bens, incluindo pneus, telhas, equipamentos agrícolas e óleo de motor


postado em 04/10/2018 14:12 / atualizado em 04/10/2018 15:30

O brigadeiro-general da Polícia Nacional, Dedi Prasetyo disse que a segurança será reforçada para garantir a lei e a ordem na cidade de Palu(foto: AFP)
O brigadeiro-general da Polícia Nacional, Dedi Prasetyo disse que a segurança será reforçada para garantir a lei e a ordem na cidade de Palu (foto: AFP)
 

A polícia da Indonésia informou nesta quinta-feira, 4, que 92 pessoas foram presas por saquear bens em áreas devastadas pelo terremoto e tsunami que aconteceram na província de Sulawesi. O brigadeiro-general da Polícia Nacional, Dedi Prasetyo disse que a segurança será reforçada para garantir a lei e a ordem na cidade de Palu, principal região afetada pelo desastre.


As 92 pessoas presas foram encontradas com bens, incluindo pneus, telhas, equipamentos agrícolas e óleo de motor.

Segundo um canal local, os detidos eram de Palu e distritos próximos. Como o envio de ajuda demorou a chegar, os moradores começaram a invadir lojas para saquear suprimentos e comida.

Autoridades locais determinaram que a população deveria levar apenas comida, acrescentando que os donos das lojas seriam recompensados posteriormente.

O brigadeiro-general Prasetyo apontou que o presidente do país, Joko Widodo, havia encorajado os moradores a retomarem suas atividades econômicas, mas ressaltou que empresas não podem voltar a funcionar sem que haja segurança. Fonte: Associated Press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade