Publicidade

Correio Braziliense

Chuvas em Honduras deixam quatro mortos e centenas de desabrigados

Chuvas causaram inundações, destruições, desaparecimentos e mortes de quatro pessoas


postado em 07/10/2018 16:43

Pelo menos quatro pessoas morreram, duas ficaram desaparecidas e centenas desabrigadas neste domingo (7), após chuvas torrenciais que caíram em Honduras desde quinta-feira, informaram agências de ajuda humanitária.

As fatalidades são um homem que foi arrastado por uma corrente na quinta-feira na capital, uma mulher de 25 anos e suas duas filhas, de 8 e 6 anos, que morreram na noite de sábado quando sua casa desabou.

Os corpos foram resgatados neste domingo da casa que desmoronou em Santa Ana, departamento de La Paz, cerca de 60 km a oeste de Tegucigalpa, informou à AFP a porta-voz da Comissão Permanente de Contingência (Copeco), Julissa Mercado.

A Copeco informou que habilitou abrigos temporários para centenas de pessoas afetadas em comunidades nos departamentos de Valle, Choluteca (sul) e em Tegucigalpa, no departamento de Francisco Morazán (centro).

Os três departamentos foram declarados no sábado pela Copeco em alerta vermelho "por riscos de possíveis deslizamentos de terra", segundo comunicado.

As chuvas causaram inundações de rios, destruição de pontes e deslizamentos de terra nas estradas dos três departamentos e em outros vizinhos.

A agência alertou que as chuvas continuariam, mas na capital o sol apareceu no domingo após três dias de chuvas quase constantes.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade