Publicidade

Correio Braziliense

Jornalista refém da Síria há três anos é libertado, confirmam autoridades

Em imagens transmitidas pela rede de televisão pública japonesa NHK, Yasuda aparece em boa forma, com uma longa barba. Ele retornará rapidamente ao Japão depois de passar por exames médicos.


postado em 24/10/2018 10:02

(foto: Huseyin BOZOK / DHA / AFP)
(foto: Huseyin BOZOK / DHA / AFP)
 
Tóquio, Japão - O governo japonês confirmou nesta quarta-feira (24/10) que um jornalista japonês sequestrado há mais de três anos na Síria foi libertado e agora está em um lugar seguro na Turquia.

"Confirmamos que Jumpei Yasuda, refém na Síria desde 2015, está são e salva", disse o chanceler japonês, Taro Kono, aos jornalistas.

Funcionários da embaixada do Japão na Turquia o visitaram no Centro de Imigração de Antióquia, de acordo com o ministro. 

Em imagens transmitidas pela rede de televisão pública japonesa NHK, Yasuda aparece em boa forma, com uma longa barba. Ele retornará rapidamente ao Japão depois de passar por exames médicos.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, disse aos repórteres que ligou para o presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, e para o emir do Catar, xeque Tamim bin Hamad al Thani, para agradecer a eles por seu apoio.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade