Publicidade

Correio Braziliense

Intenso terremoto sacode a Grécia sem provocar grandes danos materiais

O epicentro do terremoto, que ocorreu na noite de quinta e foi registrado no mar, a 16,6 quilômetros de profundidade.


postado em 26/10/2018 11:59

No solo da região foram registrados rachaduras devido a intensidade do terremoto(foto: Eurokinissi / AFP)
No solo da região foram registrados rachaduras devido a intensidade do terremoto (foto: Eurokinissi / AFP)
 
Atenas, Grécia - As autoridades gregas e os habitantes de Zante confirmaram nesta sexta-feira (26/10) os danos materiais causados por um intenso terremoto que sacudiu esta ilha turística grega no mar Jônico na noite de quinta-feira sem causar baixas.

A magnitude do terremoto foi de 6,8, anunciou o instituto geológico do USGS, enquanto o Observatório de Atenas estimou sua intensidade em 6,4.

A maioria dos habitantes desta ilha no oeste da Grécia, uma zona conhecida por sua intensa atividade sísmica, saíram de suas casas quando sentiram o terremoto e passaram a noite na praça principal da localidade de Zante, capital da ilha com o mesmo nome. "Saímos e passamos a noite na casa pré-fabricada do meu filho", disse à AFP Agueliki Glava, uma senhora de 70 anos que mora em um prédio de três andares.

Reconstruída após um terremoto devastador de 6,4 graus, em 1953, que causou mais de 400 mortes, Zante tem rígidos padrões de construção antissísmicos, disse o prefeito da capital da ilha, Pavlos Kolototsas. "Este é um terremoto sem precedentes nos últimos anos, mas, felizmente, apenas algumas pedras caíram, sem causar ferimentos", disse o prefeito à rádio grega RealFM.

 
Um barulho incrível 

O epicentro do terremoto, que ocorreu na noite de quinta, foi registrado no mar, a 16,6 quilômetros de profundidade. A rede elétrica foi parcialmente danificada e houve danos a estruturas causados por deslizamentos de terra, segundo a imprensa local. "Não houve danos nas casas, segundo as primeiras informações", disse à AFP um oficial dos bombeiros. 

O tremor também causou danos em Pyrgos, cidade do oeste do Peloponeso, na Grécia continental, diante de Zakynthos. Segundo os bombeiros, parte de uma Igreja caiu sobre um veículo, sem deixar vítimas. 

Uma torre bizantina do século XII, situada em uma pequena ilha próxima à Zakynthos, sofreu importantes danos, revelou a imprensa local.  "O terremoto foi acompanhado por um barulho incrível, mas os habitantes permaneceram calmos", disse uma testemunha do terremoto da emissora de televisão Skai, o jornalista Andréas Papadimitriou, que mora em Zante.

A Grécia, especialmente a parte oeste e o sul do Peloponeso, está localizada em falhas tectônicas importantes, e costuma ser afetada por terremotos, que geralmente não causam vítimas.

Em julho de 2017, no entanto, um terremoto de 6,7 graus de magnitude matou duas pessoas na ilha de Kos, no Mar Egeu (sudeste) e provocou importantes danos.

Em setembro de 1986, um terremoto de 6,2 de magnitude, ocorrido em Kalamata, capital de Mesenia, causou 20 mortos e o desabamento de muitas casas. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade