Publicidade

Correio Braziliense

Procurador-geral saudita vai a Turquia para investigação da morte de jornalista

A Turquia disse que o principal promotor da Arábia Saudita, Saud al-Mojeb, deve discutir as últimas descobertas da investigação com investigadores turcos


postado em 28/10/2018 10:37 / atualizado em 28/10/2018 11:09

O jornalista saudita Jamal Khashoggi(foto: Yasin Akgul/AFP)
O jornalista saudita Jamal Khashoggi (foto: Yasin Akgul/AFP)

 

O procurador-geral da Arábia Saudita deverá chegar este domingo na Turquia para conversar com os investigadores que estão cuidando do assassinato do jornalista saudita Jamal Khashoggi, que foi morto no consulado do reino de Istambul no início deste mês.

A Turquia disse que o principal promotor da Arábia Saudita, Saud al-Mojeb, deve discutir as últimas descobertas da investigação com investigadores turcos.

 

Não houve anúncio pelos sauditas sobre a visita, que ocorre alguns dias após a diretora da CIA, Gina Haspel, ir a Turquia para rever as provas antes de informar o presidente dos EUA.

A Turquia está buscando a extradição de 18 suspeitos sauditas detidos em conexão com o assassinato de 2 de outubro. O ministro das Relações Exteriores da Arábia Saudita aparentemente rejeitou a informação, dizendo que o reino iria esperar a completa investigação para então tomar a decisão.

Alguns dos envolvidos na matança estão próximos do príncipe herdeiro Mohammed bin Salman, cuja condenação do assassinato não conseguiu aliviar as suspeitas de que ele estava envolvido.

Khashoggi, que residia nos EUA exilado por quase um ano antes de sua morte, escreveu críticas sobre a família real saudita em colunas para o Washington Post. Fonte: Associated Press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade