Publicidade

Correio Braziliense

Avião desaparece na Indonésia com 188 pessoas a bordo

Avião da companhia aérea indonésia de baixo custo Lion Air, que fazia um voo doméstico, desapareceu dos radares pouco após decolar do aeroporto de Jacarta


postado em 29/10/2018 01:15 / atualizado em 29/10/2018 01:23

(foto: Adek Berry/AFP)
(foto: Adek Berry/AFP)
 
Uma avião da companhia aérea indonésia de baixo custo Lion Air, que fazia um voo doméstico, desapareceu nesta segunda-feira (noite de domingo no Brasil) dos radares pouco após decolar do aeroporto de Jacarta com 188 pessoas a bordo e socorristas afirmam que a aeronave teria caído no mar.

O controle aéreo perdeu contato com a aeronave logo após as 06H30 locais (20H30 de domingo, hora de Brasília), dez minutos depois de decolar com destino a Pangkal Pinang, cidade situada na ilha de Bangka, em frente a Sumatra. 

"É verdade que perdemos o contrato com o voo Lion Air JT 610. Transmitimos a informação às equipes de resgate", declarou Yohanes Harry Douglas, porta-voz da AirNav Indonesia em um comunicado. 

Segundo os socorristas, a aeronave teria caído em frente à costa indonésia. 

A aeronave levava 188 pessoas a bordo, entre passageiros e tripulação. 

"O avião levava 178 passageiros adultos, uma criança e dois bebês, assim como dois pilotos e cinco membros do pessoal de cabine", declarou Sindu Rahayu, diretor-geral da aviação civil no ministério dos Transportes.  

"O avião solicitou para voltar à sua base antes de desaparecer dos radares", acrescentou o funcionário, em um comunicado. 

O portal de acompanhamento de voos Flightradar mostra, em um mapa, a trajetória da aeronave, um Boeing 737 mAX 8, que, após decolar na direção sudoeste, gira para o sul e depois para o nordeste antes de parar sobre o mar de Java, não muito longe da costa. 

A Indonésia, um arquipélago do sudeste asiático com 17.000 ilhas e ilhotas, é muito dependente do transporte aéreo, e os acidentes são frequentes. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade