Publicidade

Correio Braziliense

Rússia bloqueia estreia de filme em que americanos salvam presidente russo

Em setembro, este mesmo filme também foi suspenso antes de sua estreia na Ucrânia em virtude de uma lei recente


postado em 01/11/2018 16:22

O filme estava previsto para ser lançado em 850 cinemas da Rússia(foto: Reprodução/Twitter)
O filme estava previsto para ser lançado em 850 cinemas da Rússia (foto: Reprodução/Twitter)
 
Moscou, Rússia - O Ministério da Cultura russo cancelou o lançamento do filme hollywoodiano "Fúria em alto-mar", que estraria nesta quinta-feira (1), no qual soldados dos Estados Unidos salvam o presidente da Rússia para evitar a Terceira Guerra Mundial.

"A companhia distribuidora não entregou a tempo uma cópia do filme da qualidade requerida na Cinemateca de Estado Gosfilmofond", indicou o Ministério da Cultura em comunicado para justificar a proibição da distribuir a produção.

Protagonizado por Gerard Butler e Gary Oldman, "Fúria em alto-mar" é uma adaptação de um livro de George Wallace e Don Keith, que conta a história de um experiente comandante de submarino americano que tem que se juntar com uma unidade da Marinha (Navy Seals) nas águas do Oceano Ártico para resgatar o presidente russo.

Na trama, o presidente da Rússia é refém de terroristas russos que cumprem ordens do ministro da Defesa para preparar um golpe de Estado, ameaçando começar a Terceira Guerra Mundial. O filme estava previsto para ser lançado em 850 cinemas da Rússia.

Em setembro, este mesmo filme também foi suspenso antes de sua estreia na Ucrânia em virtude de uma lei recente que proíbe filmes em que se considera que o Exército russo é glorificado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade