Publicidade

Correio Braziliense

Incêndio na Califórnia obriga artistas de Hollywood a deixarem as casas

Até o momento, os incêndios deixaram 31 mortos e 300 mil desabrigados


postado em 12/11/2018 15:18 / atualizado em 12/11/2018 17:46

(foto: Reprodução/Twitter)
(foto: Reprodução/Twitter)

As chamas que consomem o estado da Califórnia, nos Estados Unidos, deixaram, até o momento, 31 mortos e 300 mil desabrigados, e já é o maior da história do país. Sem poupar nada, o incêndio consumiu, carros, estabelecimentos comerciais e casas, incluindo as propriedades de muitas artistas de Hollywood que tiveram que ser evacuados.
 
O ator Gerard Butler, que atuou em filmes como 300Deuses do Egito e P.S. Eu Te Amo, compartilhou no Twitter o estado de sua residência após a passagem do incêndio e pediu contribuições e apoio ao trabalho dos bombeiros. "Voltei para minha casa em Malibu depois da evacuação. Tempo de desgosto na Califórnia. Estou inspirado como sempre pela coragem, espírito e sacrifício de bombeiros." 
 

A socialite Kim Kardashian, que teve menos de uma hora para deixar sua casa com os três filhos, informou aos seus 5,8 milhões se seguidores no Twitter que o incêndio atingiu o imóvel. Ela também se mostrou preocupada com possíveis vítimas na vizinhança. "Ouvi dizer que as chamas atingiram a nossa casa em Hidden Hills, mas agora estão mais contidas e pararam no momento. Não parece que está piorando agora, só rezo para que os ventos estejam a nosso favor. Deus é bom. Só rezo para que todos estejam a salvo."
 
 
A cantora Lady Gaga, que compartilhou no Instagram a evacuação de sua casa em Malibu, prestou solidadariedade às famílias das vítimas e parabenizou os bombeiros pelo trabalho de contenção das chamas, a quem chamou de heróis. "Obrigado aos bombeiros e à polícia. Vocês são verdadeiros heróis".
 
(foto: Instagram/Lady Gaga)
(foto: Instagram/Lady Gaga)
 
 
 
O diretor mexicano Guillermo del Toro, vencedor do Oscar pelo filme A forma da água, usou as redes sociais para agradecer as mensgens de apoio e apesar de lamentar a possível perda de itens de colecionador, agradecer por estar bem. "As coisas perdidas são substituídas. Memórias são lembradas. Do que está perdido, você pode falar tudo continua, enquanto se está vivo."
 
 
 
O ator Charlie Sheen pediu ajuda no Twitter para localizar seus pais, Janet e o também ator Martin Sheen."Não consigo contactar os meus pais, Martin e Janet Sheen. Eles estão no grupo, no terreno de preparo perto de Zuma Beach. Se alguém viu algo sobre eles, por favor, deixe-me saber que eles estão sãos e salvos desse cenário horrível.'
 
 
 
Outros atores e atrizes que também tiveram que deixar suas casas como Roma Downey, Alyssa Milano, Rainn Wilson, Eddie McClintock e a musicista Melissa Etheridge.
 

O incêndio 

Os primeiros focos do incêndio começaram na sexta-feira (9/11). O maior foco está localizado ao norte de Sacramento, no condado de Buttle, onde o fogo já destruiu 280 km2 e foram emitidas ordens de evacuação.
 
O "Woolsey", incêndio que, apesar de ter sido declarado há menos de 48 horas, queima áreas do norte da Califórnia, a 280 km de San Francisco, e é considerado um dos piores da história.

O "Camp Fire", registrado mais ao sul do estado, se alastou rapidamente devido às folhagems secas dos terrenos e os fortes ventos e queimou diversos edifícios na cidade de Paradise, de 26.000 habitantes, e atingindo 36.420 hectares. 
 
Vários focos de incêndio estão sendo registrados no estado da Califórnia(foto: VINCENT LEFAI, KUN TIAN, MARIA-CECILIA REZENDE / AFP)
Vários focos de incêndio estão sendo registrados no estado da Califórnia (foto: VINCENT LEFAI, KUN TIAN, MARIA-CECILIA REZENDE / AFP)
 
 

"Má gestão das florestas" 

O presidente Donald Trump emitiu uma declaração de emergência para fornecer fundos federais para os condados de Butte, Ventura e Los Angeles, porém ameaçou reter os pagamentos à Califórnia, alegando que seu manejo florestal é "muito pobre".
 
"Não há razão para esses incêndios florestais maciços, mortais e onerosos na Califórnia, exceto pelo fato de o manejo florestal ser tão pobre. Bilhões de dólares são dados a cada ano, com tantas vidas perdidas, tudo por causa da má gestão das florestas. Remédio agora, ou não terão mais pagamentos do Fed!", afirmou, no Twitter.
 


* Estagiária sob supervisão de Roberto Fonseca

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade