Publicidade

Correio Braziliense

Voluntária italiana sequestrada no sudeste do Quênia

O sequestro de estrangeiros é pouco frequente no Quênia, mas tem um efeito devastador para o turismo, fundamental para a economia do país


postado em 21/11/2018 09:56

Nairóbi, Quênia - Homens armados sequestraram uma voluntária italiana em uma pequena localidade do sudeste do Quênia em um ataque que deixou cinco feridos, informou a polícia local.

"Os criminosos atiraram de modo indiscriminado contra os moradores e depois sequestraram a voluntária, de 23 anos. O ataque aconteceu na terça-feira à noite em Chakama, pequena localidade do condado de Kilifi", afirmou a polícia em um comunicado.

Entre os feridos estão três crianças, incluindo um menino de 10 anos que foi atingido por um tiro em um olho. A polícia não conhece a identidade dos criminosos, nem sabe o que motivou o ataque. 

O sequestro de estrangeiros é pouco frequente no Quênia, mas tem um efeito devastador para o turismo, fundamental para a economia do país.

Em 2011, um britânico foi morto a tiros e sua mulher sequestrada em uma ilha turística. Poucas semanas depois uma francesa foi sequestrada em sua casa no arquipélago de Lamu.

Pouco depois, extremistas do grupo Al Shabbaab sequestraram dois voluntários espanhóis no campo de refugiados de Dadaab, perto da fronteira com a Somália.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade