Publicidade

Correio Braziliense

Sul-coreano derrota russo e será o próximo presidente da Interpol

Ele cumprirá mandato até 2020, completando os quatro anos do seu antecessor


postado em 21/11/2018 12:17 / atualizado em 21/11/2018 14:53

(foto: AFP)
(foto: AFP)
 

O sul-coreano Kim Jong Yang foi eleito o próximo presidente da Interpol, superando o candidato russo Alexander Prokopchuk, um veterano dos serviços de segurança de Moscou. Os Estados Unidos, a Grã-Bretanha e a Europa eram favoráveis ao sul-coreano e fizeram lobby contra a candidatura do russo, dizendo que a eleição de Prokopchuk levaria a mais abusos da Rússia ao usar o sistema de detecção da Interpol para caçar adversários políticos.


Prokopchuk é um general no Ministério do Interior da Rússia e é o atual vice-presidente da Interpol.

A vitória de Kim significa que ele tem ao menos dois terços dos votos da assembleia da Interpol que aconteceu em Dubai nesta quarta-feira, 21.

Ele cumprirá mandato até 2020, completando os quatro anos do seu antecessor, Meng Hongwei, que foi preso na China acusado de corrupção. Fonte: Associated Press

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade