Publicidade

Correio Braziliense

Mulher e seu bebê morrem em possível ataque de urso no Canadá

Seus corpos foram descobertos pelo companheiro e pai do bebê não muito longe de sua cabana


postado em 28/11/2018 16:20

O clima cada vez mais instável e a intrusão no habitat natural de algumas espécies animais causaram vários ataques nos últimos dois anos no Canadá(foto: AFP)
O clima cada vez mais instável e a intrusão no habitat natural de algumas espécies animais causaram vários ataques nos últimos dois anos no Canadá (foto: AFP)
 
Ottawa, Canadá - Uma canadense e seu bebê morreram em possível ataque de urso pardo no território de Yukon, no noroeste do Canadá, informaram autoridades nesta quarta-feira. 

Valerie Theoret, de 37 anos, estaria caminhado com sua filha Adele, de 10 meses, quando o animal as atacou na segunda-feira.

Seus corpos foram descobertos pelo companheiro e pai do bebê não muito longe de sua cabana nas margens do Lago Einarson, a mais de 400 quilômetros de Whitehorse, a única cidade em Yukon.

Depois de testemunhar a cena devastadora, o homem confrontou um urso e conseguiu atirar e matá-lo.

A Real Polícia Montada do Canadá e os legistas estão investigando o incidente como "o suposto ataque de um urso", segundo um comunicado. 

O casal se instalou na cabana enquanto durava a licença-maternidade de Theoret, que era professora em uma escola primária de Whitehorse. 

O clima cada vez mais instável e a intrusão no habitat natural de algumas espécies animais causaram vários ataques nos últimos dois anos no Canadá, incluindo o assassinato em agosto de um caçador Inuit por um urso polar em Nunavut, no extremo norte do país. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade