Publicidade

Correio Braziliense

Suspenso alerta de tsunami após forte terremoto no Alasca

Imagens difundidas pelas redes sociais e pela televisão mostravam as consequências do sismo, mas até o momento não foramo reportadas vítimas ou danos importantes


postado em 30/11/2018 19:13

(foto: Reprodução/ Twitter)
(foto: Reprodução/ Twitter)

 
Autoridades americanas suspenderam um alerta de tsunami emitido depois que um forte terremoto de magnitude 7 sacudiu na manhã desta sexta-feira (30/11) o sul do Alasca, onde tremores foram sentidos na capital, Anchorage.

"Não se observou nenhum tsunami [...] Não há risco para a costa oeste dos Estados Unidos, a Columbia britânica e o Canadá", reportou a Administração Nacional Oceânica e Atmosférica (NOAA, na sigla em inglês).

Imagens difundidas pelas redes sociais e pela televisão mostravam as consequências do sismo, como rodovias e prédios com rachaduras, embora até o momento não tenham sido reportadas vítimas ou danos importantes. Segundo dados publicados pelo serviço geológico americano (USGS), o terremoto ocorreu às 08H29 locais (15H29 de Brasília) a 13 km de Anchorage e a 41 km de profundidade, e foi seguido de réplicas durante vários minutos.

"O sismo foi suficientemente forte para lançar objetos das estantes e fazer tremer casas em toda a região", reportou o Anchorage Daily News, o principal jornal do Alasca. Em várias imagens postadas no Twitter pode-se ver estantes vazias, lâmpadas e árvores sacudidos pelo terremoto, enquanto muitos moradores ficaram sem luz.

A Universidade do Alasca em Anchorage (UAA) fechou seu campus e pediu a todos os seus funcionários não essenciais para ficarem em casa. O tráfego aéreo no aeroporto de Anchorage foi suspenso temporariamente para avaliar os danos

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade