Publicidade

Correio Braziliense

Reino Unido alerta empresas e cidadãos sobre Brexit sem acordo

Os alertas são referentes a tarifas de exportação e importação e necessidade de passaporte para visitar países da União Europeia


postado em 04/12/2018 10:52 / atualizado em 04/12/2018 12:54

 

(foto: AFP)
(foto: AFP)

O governo do Reino Unido divulgou nesta terça-feira (4/12) documentos alertando empresas e cidadãos britânicos sobre preparações consideradas necessárias se o divórcio da União Europeia eventualmente ocorrer sem um acordo, resultando em uma ruptura brusca no dia 29 de março de 2019.

Às companhias, Downing Street recomenda que solicitem um número de Registro e Identificação de Operador Econômico (EORI, na sigla em inglês) para "continuar importando ou exportando bens com a UE" após o Brexit, em um cenário sem acordo comercial. Além disso, elas devem decidir se querem contratar um "agente" para fazer as declarações de importação e exportação ou realizar o trâmite por conta própria.

Uma terceira recomendação a pessoas jurídicas britânicas é contatar a organização que atualmente transporta os bens comercializados com a União Europeia para descobrir se alguma informação adicional será necessária para fazer as declarações de segurança das mercadorias.

Passaportes

Os cidadãos britânicos que quiserem viajar à maioria dos países da Europa terão que, em um cenário de Brexit sem acordo, atentar para que seus passaportes tenham ao menos mais seis meses de validade a partir da chegada no exterior, explica Downing Street.

"As novas regras não se aplicam quando se viajar para a República da Irlanda", acrescenta Londres. Como o país integra a Área de Viagem Comum (CTA, na sigla em inglês), não há, em teoria, necessidade de britânicos levarem seu passaporte para entrar em território irlandês. "No entanto, oficiais de imigração irlandeses vão checar a identidade de todos os passageiros chegando de avião do Reino Unido e podem pedir prova da nacionalidade, particularmente se você tiver nascido fora do Reino Unido. Você é, portanto, aconselhado a levar seu passaporte britânico com você."

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade