Publicidade

Correio Braziliense

Otan enviará à Ucrânia equipamentos de comunicação seguros

O chefe da Aliança, Jens Stoltenberg, elogiou a Ucrânia por sua "calma e moderação" durante o recente incidente naval com a Rússia no Mar de Azov e disse que o apoio da Otan a Kiev vai continuar


postado em 13/12/2018 13:21

(foto: Yousef Allan / Jordanian Royal Palace / AFP)
(foto: Yousef Allan / Jordanian Royal Palace / AFP)
 
Bruxelas, Bélgica - A Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan) anunciou nesta quinta-feira (13/12) que fornecerá à Ucrânia equipamentos de comunicação seguros até o final do ano para ajudar Kiev a combater os esforços de desestabilização da Rússia.

O chefe da Aliança, Jens Stoltenberg, elogiou a Ucrânia por sua "calma e moderação" durante o recente incidente naval com a Rússia no Mar de Azov e disse que o apoio da Otan a Kiev vai continuar.

Depois de conversar com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, na sede da Aliança, Stoltenberg voltou a pedir que a Rússia liberte os marinheiros ucranianos capturados no final de novembro na costa da península de Crimeia, anexada em 2014 por Moscou. "Forneceremos equipamentos de comunicação seguros às Forças Armadas ucranianas ao final do ano", acrescentou o ex-primeiro-ministro norueguês, para quem a Otan deve ajudar Kiev a "melhorar suas capacidades navais, logísticas e de defesa cibernética".

No início desta semana, a União Europeia (UE) disse que a Rússia preparou o terreno para o confronto marítimo com um ano de campanha de desinformação sobre Kiev e a Aliança. O secretário-geral da Otan criticou o "comportamento desestabilizador" da Rússia na Ucrânia, onde um confronto no leste do país opõe desde 2014 separatistas pró-russos e as forças ucranianas.

No leste da Ucrânia, "há denúncias diárias de violações do cessar-fogo, inclusive com armas proibidas no âmbito dos Acordos de Minsk", afirmou Stoltenberg, ressaltando os problemas da missão de observação da Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE).

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade