Publicidade

Correio Braziliense

Única sobreviviente de acidente aéreo em Cuba agradece solidariedade

A jovem, 19, internada desde então, agradeceu em sua conta no Facebook


postado em 16/12/2018 20:13

Havana - A única sobrevivente de um acidente aéreo em Cuba que deixou 112 mortos em maio, Maylén Díaz, agradeceu nas redes sociais a solidariedade dos que se preocuparam com a sua saúde.

A jovem, 19, internada desde então, agradeceu em sua conta no Facebook "a todas as pessoas que se preocuparam... aos médicos, enfermeiros, fisioterapeutas, aquelas pessoas que contribuíram de uma forma ou de outra para a minha recuperação", informou neste domingo a mídia local.

Esta foi a primeira reação pública de Maylén, que apresenta melhoras em seu estado crítico e teve a perna esquerda amputada na altura do joelho.

"Muitíssimo obrigada a Deus por ter me dado uma segunda chance de viver, e por estar melhor a cada dia", acrescenta o texto.

Em maio passado, um Boeing 737-200 da companhia mexicana Damojh alugado pela Cubana de Aviación com destino a Holguín caiu pouco após a decolagem do aeroporto internacional de Havana, matando 112 pessoas. Especialistas locais, da Damojh e da Boeing estudam as causas do acidente.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade