Publicidade

Correio Braziliense

Comissão Europeia adota medidas para a possibilidade de Brexit sem acordo

O plano de emergência prevê 14 medidas sobre "um número restrito de setores nos quais a falta de acordo seria uma fonte de importantes perturbações para os cidadãos e as empresas da UE", informa a Comissão


postado em 19/12/2018 11:27

O acordo de saída aprovado pelos 27 membros e a primeira-ministra Theresa May em novembro (foto: HO / PRU / AFP)
O acordo de saída aprovado pelos 27 membros e a primeira-ministra Theresa May em novembro (foto: HO / PRU / AFP)
 
Bruxelas, Bélgica - A Comissão Europeia anunciou, nesta quarta-feira (19/12), que adotou uma série de medidas, em particular na área de serviços financeiros, transporte aéreo e alfandegário, para atenuar as consequências de um possível Brexit sem acordo.

A 100 dias da saída do Reino Unido da União Europeia (UE), prevista para 29 de março de 2019, a Comissão considera "essencial adotar estas medidas hoje" para limitar as "graves alterações" provocadas por uma eventual ausência de acordo, afirma um comunicado.

O plano de emergência adotado nesta quarta-feira inclui 14 medidas sobre "um número restrito de setores nos quais a falta de acordo seria uma fonte de importantes perturbações para os cidadãos e as empresas da UE", informa a Comissão.

O acordo de saída aprovado pelos 27 membros e a primeira-ministra Theresa May em novembro suscita grande oposição no Reino Unido de todos os espectros políticos e gera dúvidas sobre se será ratificado.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade