Publicidade

Correio Braziliense

Leão mata funcionária de zoológico nos Estados Unidos

Alexandra Black, de 22 anos, era uma apaixonada pelos animais selvagens e há 10 dias realizava um estágio no Centro de Conservadores em Burlington, na Carolina do Norte


postado em 31/12/2018 12:58

(foto: AFP / GUILLAUME SOUVANT)
(foto: AFP / GUILLAUME SOUVANT)
Um leão atacou e matou uma jovem americana que trabalhava em um zoológico na Carolina do Norte, anunciou o Centro de Conservadores no domingo (30).

Alexandra Black, de 22 anos, era uma apaixonada pelos animais selvagens e há 10 dias realizava um estágio no Centro de Conservadores em Burlington, na Carolina do Norte. 

"O Centro de Conservadores está devastado pela perda, hoje, de uma vida humana". Enquanto uma equipe comandada por um tutor profissional estava fazendo a limpeza rotineira do recinto dos felinos, um dos leões conseguiu fugir do local onde estava preso e entrou no espaço onde estavam os humanos, rapidamente matando uma pessoa", assinalou o Centro em um comunicado. 

"A forma como o leão conseguiu sair do recinto fechado continua sem ser esclarecida neste momento. O leão nunca saiu do perímetro cercado do parque", informou o Centro, que ofereceu as suas condolências à família da vítima e anunciou que o parque permanecerá fechado temporariamente. 

Para poder recuperar o corpo da jovem, funcionários do zoológico dispararam no leão, assegurou o Centro. 

Alexandra Black se formou recentemente na Universidade de Indiana. O zoológico onde começou a trabalhar abriga dezenas de animais de 21 espécies.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade