Publicidade

Correio Braziliense

Paralisação longa terá 'efeito considerável' sobre economia dos EUA

Governo está paralisado desde o dia 22 de dezembro devido ao impasse entre o presidente Trump e o Congresso americano


postado em 10/01/2019 16:39 / atualizado em 10/01/2019 17:51

(foto: Win Mcnamee / Getty Images North America / AFP)
(foto: Win Mcnamee / Getty Images North America / AFP)
Washington, Estados Unidos - A paralisação prolongada do governo federal americano pode ter um "efeito considerável" sobre a maior economia do mundo, disse nesta quinta-feira o presidente do Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA), Jerome Powell. A maioria dos 'shutdowns' anteriores foram bem curtos e não afetaram a economia em seu conjunto, mas Powell disse que uma "paralisação prolongada (...) teria efeito considerável nos números".
 
O governo dos EUA está parcialmente fechado desde o final de dezembro, quando o presidente Donald Trump se recusou a assinar um acordo de orçamento a menos que o Congresso concordasse em destinar US$ 5 bilhões para um muro na fronteira.
 
Há três semanas, quase 800 mil funcionários federais, incluindo controladores de tráfego aéreo e membros da guarda costeira, não recebem seus salários. "No curto prazo, se o fechamento do governo não durar muito, em geral eles não deixam uma grande marca na economia", disse Powell. O presidente do Fed também estava preocupado com a falta de estatísticas econômicas importantes durante a paralisação do governo, que a organização usa para medir a temperatura da economia. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade