Publicidade

Correio Braziliense

Operação 'antiterrorista' em Barcelona tem pelo menos 14 detidos

Segundo veículos da imprensa local, o objetivo é desarticular uma célula extremista que pretendia cometer atentados na região


postado em 15/01/2019 13:52

(foto: AFP)
(foto: AFP)
 
Barcelona, Espanha - Pelo menos 14 pessoas foram detidas, nesta terça-feira (15), em uma operação antiterrorista com várias batidas policiais em Barcelona e na pequena cidade de Igualada, no nordeste da Espanha - informou a Polícia regional da Catalunha.

"Até o momento, 14 detidos na operação que está sendo realizada hoje em Barcelona e Igualada", anunciou a corporação em sua conta no Twitter.

"A intenção (da célula) era cometer atentados, mas ainda se está investigando os locais onde poderiam tê-los cometido", disse a porta-voz policial.

Salvo uma detenção em Igualada, todas as demais foram na capital catalã, acrescentou, sem dar detalhes sobre nacionalidade, idade, ou perfil dos envolvidos.

Os Mossos d'Esquadra, o corpo policial dessa região do nordeste da Espanha, lançaram a operação às 6h locais (3h em Brasília), com seis batidas nessas duas localidades. A maioria foi no centro de Barcelona.

Segundo alguns veículos da imprensa local, o objetivo é desarticular uma célula extremista que pretendia cometer atentados nessa zona.

A mobilização conta com mais de 100 agentes, sob as ordens da Audiência Nacional de Madri, um alto tribunal encarregado dos casos de terrorismo.

A investigação se concentra em "crimes de terrorismo, contra o patrimônio, saúde pública e organização criminosa", tuitou a polícia regional.

Segunda cidade mais populosa e a mais visitada da Espanha, Barcelona esteve em estado de alerta durante as festas de Natal, após um alerta lançado pelo Departamento de Estado americano sobre um possível ataque na forma de um atropelamento em massa.

Em agosto de 2017, Barcelona e a cidade costeira de Cambrils (120 quilômetros ao sudoeste) foram palco de um duplo atentado reivindicado pela organização extremista Estado Islâmico (EI). O episódio terminou na morte de 16 pessoas, a maioria atropelada no emblemático Paseo de las Ramblas, da capital catalã.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade