Publicidade

Correio Braziliense

Homem esfaqueado 13 vezes pela namorada a pede em casamento no tribunal

Rapaz implorou ao juiz que não condenasse a moça; caso ocorreu na Rússia


postado em 16/01/2019 19:06

(foto: NTR-24 TV/Reprodução)
(foto: NTR-24 TV/Reprodução)
 
Um homem esfaqueado treze vezes por sua namorada propôs casamento a ela nesta terça-feira. O pedido foi feito no tribunal, durante o julgamento da mulher pelo crime. O caso se deu na Rússia. As informações são da emissora NTR-24 TV.

De acordo com a TV russa, Shakur implorou ao juiz para que a amada (cujo nome não foi divulgado) não fosse presa. Segundo a promotora da cidade de Nizhnekamsk, o rapaz só sobreviveu aos ataques porque conseguiu fugir do local da agressão. As perfurações, realizadas por todo o corpo da vítima, renderam três semanas de internação. 

Apaixonado, Shakur aproveitou o momento em que a namorada se levantou para ouvir o juiz para pedi-la em casamento. A moça, que pode pegar até 6 anos de prisão por tentativa de homicídio, se declarou culpada, embora tenha negado a intenção de matar o namorado. Alegou que estava bêbada. 

Shakur apelou para a complacência da corte e disse que pretende acertar a data do matrimônio com a acusada em breve. Diante das circunstâncias, a decisão o julgamento foi adiado. 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade